Codevasf lança projeto Ciclovia Salvador-Aracaju de iniciativa do deputado Arthur Maia

Codevasf lança projeto Ciclovia Salvador-Aracaju de iniciativa do deputado Arthur Maia

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) lançou, nesta terça-feira (18), em Brasília, o projeto de uma ciclovia que vai ligar Salvador a Aracaju. O traçado da rota de ciclismo, que será definido após a elaboração de estudos de viabilidade técnica e ambiental, terá início no Farol da Barra, em Salvador, e seguirá até a Praia dos Artistas, em Sergipe. A ação conta com a parceria do Ministério do Turismo.

Autor da iniciativa, o deputado federal Arthur Oliveira Maia (DEM/BA) acredita que a ciclovia será um importante vetor de desenvolvimento para a Bahia. Para ele, além de incentivar a prática de ciclismo na região, a rota atrairá pessoas de todo o Brasil e do mundo. “A planta mais difícil de nascer no Nordeste é o emprego. Precisamos explorar o nosso potencial ecológico e natural e atrair investimentos para a Bahia e para Sergipe, movimentando a economia local, gerando emprego e fomentando o turismo. Essa ciclovia certamente estará incluída no mapa mundial do cicloturismo”, ressaltou.

O presidente da Codevasf, Marcelo Moreira, concorda. Para ele, o litoral norte da Bahia e o litoral sul de Sergipe oferecem atrativos e oportunidades que poderão ser aproveitados por turistas e que também beneficiarão moradores de comunidades rurais e núcleos urbanos por onde a rota de ciclismo passar. “Já temos um acordo de cooperação com a Embratur para que a Codevasf também promova ações de desenvolvimento voltadas para o turismo na área de atuação da empresa”, disse.

Para o secretário de Turismo do Estado da Bahia, Fausto Franco, trata-se de um projeto audacioso e grandioso para a Bahia e para o Nordeste brasileiro. “O turismo é um dos pilares da nossa economia. Trazer a ciclovia para a Costa dos Coqueiros, zona turística baiana que segue até a divisa com Sergipe, é atrair turista e gerar renda para a população local. Este projeto nasce em um momento muito oportuno”, destacou.

Durante o lançamento do projeto, a diretora-presidente da União de Ciclistas do Brasil (UCB), Ana Luiza Carboni, falou sobre a importância de se ampliar o uso da bicicleta como transporte sustentável e incremento na economia individual. “A mobilidade ativa pode ter um papel importante na redução das emissões de gases de efeito estufa, substituindo as viagens de carro e moto, especialmente em viagens curtas, e interagindo com o transporte coletivo público”, destacou. Também presente no evento, o vice-presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), Orlando Schmidt, comentou sobre o crescimento do setor no Brasil durante a pandemia, com um aumento de até 118% nas vendas, e elogiou a iniciativa. “A gente está no caminho certo. Essa ciclovia é muito positiva para o ciclismo e poderá trazer vários benefícios para a população”, disse.

Hoje, a ligação rodoviária entre as duas cidades têm aproximadamente 320 quilômetros, com diversos obstáculos para prática do ciclismo e sem infraestrutura de apoio aos ciclistas. Entre as alternativas de percursos a serem analisadas estão a de uma ciclovia beira-mar, uma ciclofaixa paralela às rodovias BA-099 e SE-100 e um acostamento-ciclofaixa nas duas rodovias – ambas opções com rotas para acesso a praias e áreas urbanas na beira-mar. “Essas ideias conceituais serão detalhadas no estudo de viabilidade para identificarmos a alternativa mais viável, não só financeiramente, mas com melhor benefício para a população e com menos impacto ambiental”, explicou o gerente de Estudos e Projetos, da Área de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf, Emílio de Souza Santos. Para a realização do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) da obra, o deputado federal baiano Arthur Maia destinou à Codevasf o montante de R$ 1 milhão.

Participaram ainda do evento o chefe da Assessoria Especial de Assuntos Parlamentares e Federativos do Ministério do Turismo, Bob Santos; o secretário de Turismo do Estado de Sergipe, José Sales Neto, o gerente de Promoção Internacional de Projetos Especiais da Embratur, Rodolfo Nogueira; a gestora de Turismo do Consórcio Intermunicipal do Médio Vale do Itajaí (CIMVI), Arlete Regilene Scoz; o professor da Universidade Federal Rural do Semiárido, Eric Amaral Ferreira; o superintendente da 2ª SR da Codevasf, Harley Xavier; os deputados federais de Sergipe Fábio Mitidieri, Fábio Henrique e Gustinho Ribeiro; o ex-deputado André Moura; o prefeito de Esplanada (BA), José Nandinho; o vice-prefeito de Jandaíra (BA), Ronaldo Alves; o secretário de Turismo de Mata de São João (BA); além de gestores e técnicos da Codevasf, dentre outras autoridades de Sergipe.

Confira a apresentação do projeto na íntegra aqui.