“A Santa Dulce dos Pobres realiza milagre todos os dias através das Obras Sociais Irmã Dulce”, declara Arthur Maia

“A Santa Dulce dos Pobres realiza milagre todos os dias através das Obras Sociais Irmã Dulce”, declara Arthur Maia

Durante pronunciamento no plenário da Câmara dos Deputados, na noite desta terça-feira (15), o deputado Arthur Maia destacou a importância do trabalho realizado pelas Obras Sociais Irmã Dulce e declarou que a Santa Dulce dos Pobres “realiza milagre todos os dias através da Instituição.

“Para ser considerado santo perante os católicos, é necessário a comprovação de milagres, milagres santos que salvaram vidas. Para mim, mesmo depois da sua morte, através de suas obras sociais, a Santa Dulce dos Pobres continua realizando milagres todos os dias”, destacou o parlamentar.

Maia lembrou que a OSID é uma das instituições sociais mais destacadas do Nordeste e realiza anualmente 3,5 milhões de procedimentos ambulatoriais na Bahia, sendo 2,2 milhões somente em Salvador, e abriga um dos maiores complexos de saúde 100% SUS do país. A organização conta com um perfil de serviços único no país, distribuídos em 21 núcleos que prestam assistência à população de baixa renda nas áreas de Saúde, Assistência Social, Pesquisa Científica, Ensino em Saúde, Educação e na preservação e difusão da história de sua fundadora.

 

 

 

 

 

Deputado Arthur Maia acompanha cerimônia de canonização de Santa Dulce dos Pobres

O deputado Arthur participou, na manhã deste domingo (13), da canonização da primeira santa brasileira, Irmã Dulce, na Praça São Pedro, no Vaticano. Santa Dulce dos Pobres, conhecida como Anjo Bom da Bahia, nasceu em Salvador em 1914 e realizou um trabalho social fundamental aos mais necessitados.

Durante a missão oficial, o parlamentar baiano falou da emoção de representar a Bahia e o Brasil. “Quanta emoção ao ver o Seu rostinho santo representando a santidade e a fé dos brasileiros na sacada do Vaticano. Temos uma santa no Brasil e para nosso orgulho é baiana”, declarou.

Na noite de sábado (12), Maia assistiu à apresentação do concerto Ave Dulce, do maestro e compositor baiano Roberto Laborda em homenagem à Irmã Dulce, na Embaixada Brasileira em Roma. A ópera abordava a luta do Anjo Bom da Bahia para fundar suas obras sociais e teve participação de mais de 25 músicos europeus, alguns da Orquestra Metropolitana de Barcelona. Também esteve presente o vice-presidente da República, General Hamilton Mourão, o ex-presidente José Sarney, a sobrinha e superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), Maria Rita, a esposa do parlamentar, Andrea Maron Maia, além de outras autoridades.

Fundada em 1959, pela então freira baiana Irmã Dulce, as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) realizam cerca de 2,2 milhões de procedimentos ambulatoriais, 12 mil cirurgias, além de 18 mil internações todo ano, no complexo hospitalar e educacional, com atendimento gratuito e humanizado aos pacientes. Atualmente, mais de 4,3 mil profissionais trabalham na organização, sendo 2,8 mil funcionários somente no complexo da capital baiana, local onde atuam ainda 300 médicos e 300 voluntários.

Deputado Arthur Maia destina emenda de R$ 350 mil para as Obras Sociais Irmã Dulce

Deputado Arthur Maia destina emenda de R$ 350 mil para as Obras Sociais Irmã Dulce

O deputado federal Arthur Maia (DEM/BA) destinou R$ 350 mil para as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) através de emenda parlamentar. O recurso de custeio na saúde será encaminhado para a Prefeitura de Salvador que, por sua vez, repassará ao Hospital Santo Antônio, gerenciado pela entidade filantrópica. De acordo com o parlamentar, a previsão é de que o repasse do recurso ocorra ainda neste ano. Atualmente, o hospital já desponta como uma das maiores unidades de saúde do Norte e Nordeste e uma das mais bem equipadas da Bahia, com cerca de 3,5 milhões de procedimentos ambulatoriais por ano a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), com cirurgias de alto nível e atendimentos na área de oncologia.

“O Anjo Bom da Bahia construiu uma obra grandiosa de amor e caridade. Mesmo com a sua partida, milhares de pessoas ainda são assistidas com saúde e educação pelas suas Obras Sociais. É uma honra poder ajudar a instituição e contribuir com esse reforço financeiro”, disse o parlamentar.

Na sede das Obras Sociais, local que atende diariamente cerca de 2 mil pessoas, são realizadas por ano 12 mil cirurgias, além de 18 mil internamentos. A atenção integral, multidisciplinar e humanizada é uma das características do atendimento prestado pelas Obras Sociais Irmã Dulce. São ações que cobrem todo o espectro da assistência à saúde e que incluem atenção básica, 40 especialidades médicas, exames laboratoriais e de bioimagem, internação, cirurgias de alta complexidade e reabilitação.

“O legado de luta, trabalho e fé de Irmã Dulce ficará marcado na vida das pessoas que tiveram a alegria de conviver com ela. Tenho orgulho de dizer que minha bisavó materna era prima de Irmã Dulce e me lembro de, quando pequeno, ouvi-la chamar de Dulcinha”, finalizou Maia.

Números das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID):

3,5 milhões de procedimentos ambulatoriais realizados por ano na Bahia, sendo 2,2 milhões somente em Salvador.

2 mil pessoas atendidas diariamente na sede das Obras, em Salvador;

954 leitos hospitalares para o atendimento de patologias clínicas e cirúrgicas;

18 mil internamentos e 12 mil cirurgias realizadas anualmente em Salvador;

Mais de 11,5 mil  atendimentos por mês para tratamento do câncer;

150 bebês com microcefalia são acompanhados hoje na OSID;

787 crianças e adolescentes, em situação de vulnerabilidade social, atendidos no Centro Educacional Santo Antônio;

1,7 milhão de refeições servidas por ano para nossos pacientes e 537 mil para nossos colaboradores;

Mais de 4,3 mil profissionais atuam na organização, sendo mais de 2,8 mil no complexo das Obras.